Câmara aprova projeto que obriga bancos tradicionais a manter vigilância armada 24 horas

por José Marcos Silva Oliveira publicado 15/05/2018 17h22, última modificação 15/05/2018 17h22

A Câmara de Vereadores aprovou na tarde dessa segunda-feira, dia 14, um Projeto de Lei que obriga os bancos tradicionais instalados em Buritis (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Banco da Amazônia) a colocar vigilância armada 24 horas em suas agencias, incluindo em domingos e feriados.

O Projeto de Lei 047/2018, de autoria do Vereador Roni do Hospital, tinha como objetivo a instalação de vigilância armada 24 horas em bancos e instituições financeiras do município visando a segurança dos usuários mas as cooperativas de crédito foram suprimidas do projeto após longas conversas com os vereadores.

Segundo os representantes das cooperativas a inclusão das mesmas nesse projeto é desnecessário e traria prejuízos ao município uma vez que as cooperativas são sociedades que dividem as sobras entre todos os cooperados, portanto os valores que seriam usados para o pagamento da empresa de vigilância sairia das sobras a serem divididas.

Salatiel Rodrigues, Presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Rondônia (OCB/RO), esteve na sessão e discursou aos presentes sobre a importância de retirar as cooperativas desse projeto.

Salatiel parabenizou o Vereador Roni do Hospital pelo projeto que “demonstra a preocupação do vereador para com a segurança da sociedade de Buritis” e também por se abrir ao diálogo.

Salatiel ainda agradeceu ao Presidente da Câmara, Vereador Danielzinho da Auto Escola, e aos demais vereadores por ouvirem as cooperativas e buscar sempre o melhor para Buritis.

Ao fim da sessão o projeto foi aprovado mas com uma emenda, colocada pelos próprios vereadores, suprimindo as cooperativas de crédito do projeto.

Também estiveram presentes na sessão o Gerente da Credisis Crediari Benedito Batista, o Presidente do SICOOB Vale do Jamari Elias Alves, o Vice-presidente Andrecsandro Miranda, a Diretora Administrativa Fernanda Gabiatti e o Diretor Operacional Marcos Murilo, além de diversos funcionários das duas cooperativas.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.